terça-feira, 29 de novembro de 2016

Expansão do nosso amor



- Há muito tempo pensávamos em viajar para algum lugar diferente onde pudéssemos ficar só nós sem preocupação, foi quando em um belo dia ele me levou a um lugar incrível, uma cabana afastada da cidade onde não se via vizinhos há pelo menos 30 km.

Era um paraíso, bem aconchegante com um rio e até uma cachoeira, quando chegamos nem pensamos em desfazer as malas, fomos explorar o local. Paramos na beira do rio e deitamos pra curti o momento juntos.

Neste instante nossos corpos não paravam quietos, começamos a nos beijar ardentemente, explorando o corpo do outro sem nenhum pudor, quando demos por conta já havíamos nos despido e estávamos dentro da cachoeira nos amando fortemente.

Ele me dava socadas fortes e me apertava com muito desejo, só conseguíamos ouvi a água caindo em nós misturando com os gritos de prazer.

Após um forte jato em minha boca, resolvemos descansar ainda nus em uma caverna que tinha atrás da cachoeira.

Quando ele acordou sentia-se extasiado, só pensava de ontem na cachoeira e em como foi bom.

Quando se deu conta que não podia se mexer, não conseguia falar e muito menos ver. Já assustado pensando no pior ouviu um sussurro de sua amada dizendo que naquela manhã ele seria dela, e sem raciocinar direito sente algo quente em seu membro com movimentos de vai e vem que logo se excitou. “Meu Deus como ela chupava gostoso”, com uma mordaça na boca seus gemidos eram contidos o que fazia aumentar ainda mais sua excitação.

Quando ela se afastou senti algo quente percorrer meus mamilos que logo endureceram de prazer. Entre tapas e mordidinhas ela ia a cada parte do meu corpo. Quando sinto ela sentar em cima de mim rebolando e cavalgando freneticamente....

Quando achava que já não haveria mais o que ser feito sinto algo entrando atrás de mim algo que mexia e fazia um vai e vem junto com seus pulos.

Delirei de prazer naquele momento e sem conseguir dizer algo ejaculei dentro dela, como nunca havia feito antes, quando terminou ainda amarrado, mas agora sem as vendas e a amordaça pensei que havia terminado... Estava enganado.

Do nada não sei de onde surgiu, um homem com porte físico mediano, já nu vindo em nossa direção e ainda sem dizer nada, ela só olhava pra mim.

O homem se aproximada dela com seu membro já duro e sem cogitar agarra ela pela cintura e a beija freneticamente roçando seu pênis nas mãos dela.

Sua boca percorreu seus seios apetitosos e todo o restante do corpo, logo após abaixou a moça e ela começou a chupá-lo, colocava todo o membro na boca e tirava.

Já muito excitado levantou a moça e a pressionou na parede com movimentos repetitivos com força sem parar.

O rapaz que só olhava percebeu o quanto aquilo lhe excitava e tentava desesperadamente se soltar para acariciar seu membro que já havia recuperado suas forças.

Após diversas posições já não aguentando mais o homem mediano ejaculou com seus altos gemidos, já o rapaz conseguiu finalmente se soltar, aproximou na moça ejaculou em seus seios.

Foi lentamente em seus ouvidos e diz que na próxima ela seria toda dele... Ambos se beijaram extasiados de tanto amor.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário