quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

The Blacklist



Sinopse:
Raymond Reddington é um dos criminosos mais procurados pelo FBI. Até que um dia ele decide se entregar misteriosamente à agência, oferecendo com ele uma lista de importantes nomes da comunidade do crime. Ele deseja participar ativamente da captura de tais criminosos e faz uma única exigência: só falará com a novata agente Elizabeth Keen.

Resenha:
Durante essas cinco temporadas emocionantes pouco se foi revelado até hoje, como qual o vinculo de Reddington e Keen afinal?

Está série de espionagem, drama policial e ação são surpreendentemente impactantes no sentido de que vivemos de certa forma assim, talvez não matando bandido, mas com ações diárias.

Moralidade, sistema, certo e errado, instinto de sobrevivência, vingança e por aí vai.  Desde o inicio vemos toda uma desestrutura no que é definido moralidade quando o FBI, aceita parceria com o criminoso mais procurado, ou quando o marido é descoberto um ser ruim aos olhos morais e nada fazem. É irônico, mas muito do que é julgado hoje no mundo real é perdoado na trama pela empatia das personagens.

O que mais chama a atenção apesar de tudo é todo mistério em descobrir no final de tudo, quem é Keen? Alguém que conquistou o que queria com suas próprias forças ou alguém que é constantemente manipulada por alguém que a conhece melhor que ela mesmo.

Creio que essa ligação entre Keen e Reddington é o que mais prende o público, ainda mais agora que o foco, não é mais a tal listra negra que era um dos pontos principais da série na primeira temporada.

Agora o que vemos é um quase final, onde tudo será revelado afinal e a Keen terá que fazer suas escolhas, afinal seu caminho tem sido exclusivamente para proteger sua filha e marido e ter uma vida dita “normal’”.

Finalizando o que mais acha fantástico é o raciocínio lógico e todo um funcionamento de uma mente humana seja criminoso ou não.


Uma série que está muito bem feita e prende a atenção de todos os fãs, eu recomendo e acompanho.  
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário