terça-feira, 16 de maio de 2017

ENCANTOS


Ela dançava lindamente, dizia alguém da platéia enquanto era hipnotizado pela beleza de cada movimento vindo da moça do palco. Ela olhava fixamente nos olhos de cada um que ali estava.

Emily era seu nome, toda quarta-feira se apresentava no Boubons, um restaurante bem modesto, mas de bom gosto. As pessoas gostavam de estar ali, principalmente para assistir as apresentações noturnas que sempre havia.

As quartas-feiras eram dança, de qualquer tipo ou gênero, Emily dançava de tudo, mas em suas apresentações gostava de dança árabe, havia algo de mágico em sua dança, um mistério que apenas ela sabia.

23 de abril, São Paulo

Emily nascera há exatos 15 anos, estava animada por sua festa, não era debutante, sua família tinha outros ritos de passagem para moças de sua idade.
Já era por do sol quando a festa começou, estavam todos em círculos e Emily no centro, recebendo as energias e o dom da família. Emily estava agora apta a exercer seus sentindo extras que são trabalhados desde a infância, isso lhe dava não poderes, mas algo bem parecido.


No fim de sua festa, já exausta, mas ainda muito anima resolve deitar-se no quintal, amava aquele local, era seu momento favorito e o mais perturbador, mas isso não é algo que deve ser revelado, só digo que seja  que aconteceu, mudou sua vida para sempre.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário